sábado, 20 de dezembro de 2008

Reaprendendo a Amar

Depois de algum tempo você aprende a diferença, a sutil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma.

E você aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança.

E começa a aprender que beijos não são contratos e presentes não são promessas.
E começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante,com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança.

E aprende a construir todas as suas estradas no hoje,porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos,e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.

Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo.

E aprende que não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam...
E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la por isso.

Aprende que falar pode aliviar dores emocionais.

Descobre que leva-se anos para construir confiança e apenas segundos para destruí-la, e que você pode fazer coisas em um instante, das quais se arrependerá pelo resto da vida.

Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias.
E o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem na vida.

E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher.

Aprende que não temos que mudar de amigos se compreendemos que os amigos mudam, percebe que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos.

Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida são tomadas de você muito depressa por isso, sempre devemos deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas, pode ser a última vez que a vejamos.

Aprende que as circunstâncias e os ambientes têm influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos.
Começa a aprender que não deve se comparar com os outros, mas com o melhor que pode ser.

Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer ser, e que o tempo é curto.

Aprende que não importa onde já chegou, mas onde está indo, mas se você não sabe para onde está indo, qualquer lugar serve.

Aprende que, ou você controla seus atos ou eles o controlarão, e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, sempre existem dois lados.

Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as conseqüências.

Aprende que paciência requer muita prática.

Descobre que algumas vezes, a pessoa que você espera que o chute quando você cai,
é uma das poucas que o ajudam a levantar-se.

Aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve
e o que você aprendeu com elas, do que com quantos aniversários você celebrou.

Aprende que há mais dos seus pais em você do que você supunha.

Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens, poucas coisas são tão humilhantes, e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso.

Aprende que quando está com raiva tem o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel.

Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer que ame, não significa que esse alguém não o ama com tudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso.

Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém, algumas vezes você tem que aprender a perdoar-se a si mesmo.

Aprende que com a mesma severidade com que julga, você será em algum momento condenado.

Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte.

Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás.
Portanto, plante seu jardim e decore sua alma, ao invés de esperar que alguém lhe traga flores.

E você aprende que realmente pode suportar...que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais.
E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida !

Namasté!
*****

sábado, 15 de novembro de 2008

Amar é

"Quando não há honestidade no coração, o amor cria dependência. Parece mais um negócio do que um relacionamento. Acaba se tornando igual a uma droga. A maneira de nos liberarmos dessa dependencia é experimentar a doçura do amor que é verdadeiro. Ao substituir o veneno pelo néctar torna-se fácil reconhecer a falta de valor do falso amor. Antes de aceitar qualquer amor, deveríamos usar a intuição e perceber, rapidamente, que tipo de amor está sendo oferecido". Brahma Kumaris

"O amor verdadeiro, por estar preenchido, transborda bons sentimentos. ele não corrige, simplesmente perdoa. ele não toma, simplesmente doa.Na sua pureza não espera o retorno para si. Seu único desejo é libertar o outro.Para fazer crescer seu coração, seja generosa consigo, e confie nos outros. O poder do amor torna possível o impossível" - Brahma Kumaris

...

"Quando aprendemos a conectar com a nossa propria natureza de amor, isto se torna um tesouro imperecível.Seja onde e com quem estivermos, ele permanece sempre com a gente. Através desse amor começamos a entender a interdependência de todas as coisas.Eu não estou sozinha, faço parte de uma família global.Com esta atitude somos capazes de restaurar os sentimentos de aceitação e de pertencer.O amor expande, ultrapassa as fronteiras por nós criadas e torna-se ilimitado" - Brahma Kumaris

Fonte: www.brahmakumaris.org.br

terça-feira, 9 de setembro de 2008

Iceberg

“Quando olhamos para um iceberg só conseguimos ver uma pequena porção, mas sabemos que a maior parte de seu volume permanece submersa. Da mesma forma, quando encontramos somente uma face de sua personalidade, a totalidade permanece invisível. Percepção é a capacidade de ver além das aparências, entender o sentimento por trás das palavras, captar a linguagem silenciosa do olhar”. (Brahma Kumaris)

Alma Reiki - Terapia Holística

Existem momentos na vida de cada pessoa em que ela se vê num ciclo de situações que a faz repensar a própria maneira de ver e viver a própria vida. Momentos de parada, de reflexão, de tirar da vida o que não serve mais, de modificar o que não está dando o resultado esperado; momentos de “separar o joio do trigo” e de recomeçar a jornada de uma maneira diferente da habitual.
Estes raros momentos, tão esperados por alguns, e muito pouco vivenciados pela maioria das pessoas são chamados de INSIGHTS. São um olhar para dentro, um sentir-se; um observar das próprias necessidades do que precisa ser mudado.
Esta é a mágica intuição que leva o ser humano em busca de si mesmo.
Em que momento você se encontra? O que ainda quer mudar?
A Terapia com o Reiki da Alma pode te ajudar a encontrar o caminho.
Bem-vindo ao despertar da Estrela!
Bem-vindo ao Alma Reiki
* Namasté *

Atendimentos com Reiki Usui Tibetano e Reiki da Alma: 11 - 5084 3872 vila mariana (SP)

quarta-feira, 14 de maio de 2008

Reike-se

Eu sei de uma coisa que definitivamente "descortinou" minha vida e me deu perspectivas reais de uma grande mudança interna: o Reiki.
Quando passei pela Brahma Kumaris, eu não sabia o que faria da minha vida, mas sabia exatamente o que não queria mais: ficar atrás de uma mesa de escritório, sendo subjulgada, humilhada, desprezada, feita de "empregadinha" e ainda por cima tendo que administrar as falidas contas bancárias alheias de pessoas que sequer me davam bom dia.
Mas, graças A MIM e a tudo o que eu venho aprendendo nesta longa jornada de OLHAR PARA DENTRO , estas mazelas já não fazem mais parte de minha vida.
E se a grana tá curta, eu tenho certeza que é temporariamente, porque tenho muita força e acredito EM MIM. Afinal, fiz até Mestrado em Reiki (que não é barato) sem nenhum recurso financeiro prá isto, dependendo da boa vontade e dos apertos de cintos de meu marido, que me apoia muito nisto.
Estou retomando minha vida financeira depois de 6 anos. Dá prá acreditar?
Estou atendendo meus primeiros clientes em meu próprio consultório!!!
O Reiki me proporcionou uma transformação pessoal tão profuda e rápida, que se reflete em tudo o que faço, porque me dá a certeza de meu poder interior, de uma força e uma capacidade que, mesmo nos momentos mais difíceis da vida, sou capaz de me "levantar" com uma rapidez que até me assusta e me alegra.
E isto não é uma coisa que "tenho que seguir", como uma religião ou doutrina, porque é uma coisa que está em mim, faz parte de mim, eu só não sabia como usá-la; como acessar esta fonte imensa de energia que flui em mim e através de mim, e em tudo aquilo que me cerca, e preenche, e completa.
Ontem mesmo eu estava ouvindo uma música da Aline Barros, na voz do magnífico Ricky Vallen, cantando a música "Sonda-me, Usa-me"; e posso até dizer que o que esta música ensina é exatamente a se colocar diante da vida como um instrumento, vivendo, amando, sendo uma fonte inesgotável de amor, e a partir disto perceber os caminhos que precisamos percorrer para encontrar a real felicidade, que não está fora, nem depende de alguém fora, e sim ESTÁ DENTRO DE NÓS, e o maior amor que podemos ter é o amor que temos por NÓS.
É a partir desta plenitude, deste reencontro, que passamos a receber o melhor do mundo.
Lembre-se, quando a FONTE é VOCÊ, toda a força se restaura, porque você não estará buscando uma referência fora, e sim dentro de sua própria força.
Abrace a pessoa mais importante da sua vida, ame, festeje, compartilhe, seja a melhor amiga, e dê SEMPRE o melhor para esta pessoa, que é VOCÊ MESMA.
Nada é mais importante do que isto.

Outra dica especial: Você pode por enquanto receber o Reiki através de um terapeuta holístico como eu, e depois, quem sabe fazer um curso de Reiki para aprender a transformar seu interior e refletir no seu exterior.
Eu tenho um verbo que sempre digo para as pessoas praticarem: REIKE-SE!!!

Viva para o HOJE, e renasça como uma fênix.


E de secretária a terapeuta holística, vou caminhando, conduzindo e aprendendo junto com aqueles que cruzam meu caminho.

Beijos violeta com cheirinho de jasmim
Elena Públio