sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

O aprendizado cíclico das coisas - por Rowena

O APRENDIZADO CICLICO DAS COISAS
Por Mestra Rowena

Meus filhos, a natureza é sábia, a natureza como a grande mãe e a grande energia do pai. Observem como ela apresenta curvas: as esferas circulares que são os planetas, as células do corpo do homem, a mulher em gestação, as montanhas com o lapidar do tempo que também se tornam arredondadas... o círculo é um grande ensinamento espiritual. . Deus ensina através das formas através da natureza, através dos fatos da vida, através das coisas que dão certo e dão errado na vida de vocês. Observem como os aprendizados são cíclicos. Pode ser que nesta existência você nasceu com sentimento de isolamento ou de solidão. Pode ser que nesta vida você tenha sido incompreendido por seus pais, ou tenha se sentido incompreendido por seus pais, e novamente isto voltará a você. Pode ser que uma vida inteira você esteja girando na mesma incompreensão, com o mesmo problema, vivenciando os múltiplos aspectos de uma mesma energia, de uma mesma vibração. E assim, pode ser amados filhos, por muitas e muitas vidas.
E quem quebra o círculo? Quem transforma este circulo numa espiral? Quem permite que esse aprendizado se rompa e se transforme, e finalmente você evolua? VOCÊ MESMO (a). A energia que está no seu coração. E essa energia não é a energia da guerra, da briga, das más palavras, do desafeto, ou de brigar com as pessoas ou com Deus. Você rompe quando você compreende que não é mais necessário agir assim, porque em todas as situações que “batem” em você, em todas as situações que de alguma forma faz com que você sofra, você está interagindo. Pode ser que você não tenha a consciência desta interação; pode ser que em algum momento, ou em muitos momentos da sua vida você tenha se sentido como uma vítima da situação; e pode ser até que, por acreditar que você é uma vitima , você de fato tenha se tornado vitima de varias situações difíceis e complicadas.
Mas quando você descobre o eixo, quando você descobre que quando você se ama de verdade, todo o resto começa a mudar; você se transforma, e naturalmente o circulo, inexpugnável, se rompe e também se transforma.
Nós acreditamos na evolução, nos sempre acreditamos na evolução. Nós, do plano espiritual, não brigamos com o caminho do pai, não brigamos com as historias que vocês, nossos filhos, tem que passar.
Às vezes para nós também é doloroso ver um filho, um amado filho, repetindo, repetindo, repetindo as mesmas lições, e muitas vezes nestas repetições, situações de abandono, situações de precariedade, de falta de amor, vocês sofrem, e nós queremos estender as nossas mãos e acalentar, e trazer calor, e fazemos isto do plano espiritual, porém, nem sempre vocês recebem.
Quantas e quantas vezes estão fechados no ciclo de sofrimento, quantas e quantas vezes nem permitem que alguém chegue perto de vocês. Quantas e quantas vezes nem falam, nem querem falar daquilo que os magoa, com medo de se expor, com medo do julgamento, com medo do que as pessoas vão falar.
Quantos e quantos relacionamentos íntimos, homem e mulher, pai e filho, irmãos, se distanciam pela falta do diálogo do coração, porque palavras podem ser ditas e não compreendidas, o amor aproxima. O coração deve estar aberto entre as pessoas.
E se você convive com pessoas duras, pode ter a certeza que esta dureza também está em vocês.
Pensem nos círculos, pensem no poder curativo dos círculos...pensem no quanto vocês podem se beneficiar deixando a fluidez e o amor tocar a vida de vocês.
Nós amamos nossos filhos, e quando vocês abrem o coração e se entregam para o sentimento de amor, de amizade, de parceria, de fraternidade, nós podemos nos aproximar.
Tentem manter esta vibração, as orações são fundamentais, os mantras elevam a consciência. Todos estamos a serviço da evolução deste planeta, os grupos de oração são sempre bem vindos porque elevam a consciência.
Façam a sua parte, permitam que os seus cumes sejam arredondados, compreendam que as lições vem e assim deve ser; e aprendam a romper os seus ciclos criando em vocês mesmos o desenho de uma espiral, de um movimento crescente, aprendendo com as suas lições, aprendendo com as pessoas, porque Deus se manifesta através das pessoas. Deus está no seu próximo, Deus está no seu pai, no seu irmão, na sua mãe, no seu colega, no seu amigo, e também naquele que de alguma forma contraria você. Deus está ensinando através de cada um que se aproxima de você. Quando você compreender isso, e quando seu coração se abrir para essa compreensão, você conseguirá quebrar os seus ciclos.
Recebam, amados filhos, o meu amor e a minha luz. Em sintonia com a chama rosa, da energia da amada Mestra Mãe Maria, eu sou Rowena, e abençôo vocês, inundando da energia da mãe divina esse ambiente com as rosas do amor, aquelas que não tem espinhos. Recebam a vibração de amor e de cura e fortaleçam essa vibração entregando a sua energia para a cura do planeta neste momento. Abram as mãos, ofereçam o amor que tem em seus corações para a cura da sua família, das pessoas próximas, dos amigos e do planeta. Vibrem nesta energia de expansão, de amor e de cura. Recebam o nosso amor, compartilhem o nosso amor e sigam em paz.

Rowena 15/10/2009.

áudio na bela voz de Maria silvia P. orlovas 
http://fraternidadebranca.com/audio/ALPHA%20LUX%20ANO%2011/ALPHA%20LUX%2034%20ANO%2011.wav

blog com as canalisações da Maria Silvia P. Orlovas > http://mariasilviaporlovas.blogspot.com.br/p/canalizacoes.html

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Mulheres Sábias





Universo, eu me abro a ti para acolher as bençãos que a mim designas.

A magia de uma mulher é a força de seu ventre.

Os antigos ritos pagão de fertilidade e colheita são uma representação clara da força e do poder feminino. 
A mulher é a grande semeadora do mundo, a criadora de tudo que movimenta o universo. Mulheres e suas Deusas, resgatem sua força. 

Ser uma mulher sábia não é ser uma iniciada nisto ou naquilo; Ser uma mulher sábia é Ser Mulher em toda a sua força co-criadora do amor, uma mantenedora e amplificadora das energias da mãe-terra, a Grande Mãe, a Deusa, Gaia, nosso solo sagrado, nossa terra, nosso querido planeta Terra. 

Feliz Nova Vida para quem já encontrou seu caminho e retornou ao mais verdadeiro de si. 

Omnia Vincit Amor - O Amor vence tudo (Virgílio)



sexta-feira, 28 de outubro de 2011

O amor como alicerce


Querer o amor como alicerce é olhar o outro como se ele fosse a solução para as suas próprias carências e expectativas emocionais.  Os obstáculos tornam-se intransponíveis pois delegamos ao outro a obrigação de fazer a nossa felicidade acontecer, e então, como não temos enraizado a autoconfiança delegamos nossas frustrações ao comportamento de outras pessoas, e a vida vira um eterno apontar de dedos pro outro. E quem assume a culpa ou dês-culpa, tira a culpa de si e transfere pro outro. Não é solução para a questão.
Quando falta raiz, quando falta confiança e força interna é que passamos a depender do outro para nos sentir seguros. E como transferimos ao outro a responsabilidade para nossa felicidade, as chances de decepção aumentam, pois quem não confia em si mesmo não tem como confiar no outro.  Fica difícil estabelecer um vínculo de longo prazo pois nossas frustrações e expectativas no outro acabam vindo a tona em alguma situação. É a clássica atitude de dar seu poder ao outro.
Ninguém pode dar ao outro o que não se tem, não haveria o que compartilhar.
Quando há cobranças de posicionamento e alguém não soube o que fazer é porque falta exatamente esta ancoragem de ser auto-suficiente no amor. Como se pode colher se o solo não está pronto? As flores não vingam. O resultado é um jardim deserto, com ervas daninhas por todo lado e meias-verdades, porque o outro não banca, então é mais fácil omitir prá não criar problema.
Fica um tentando alicerçar suas expectativas no outro, ambos com medos de suas relações anteriores e querendo que “alguém resolva meu problema de frustração”. E vem o medo do compromisso, vem as cobranças e os cortes. Não se banca, não tem força, não tem raiz, então é mais fácil surtar, porque é mais fácil apontar o dedo pro outro do que olhar para dentro de si mesmo. As nuvens turvam o caminho, falta visão de longo alcance porque não tem visão interna do ser.
E como mudar isto?
O QUE VOCÊ QUER COLHER? Então tem que cuidar do solo, da semente, de regar a semente... o solo é você, a semente são suas estruturas internas, o que rega é como você se nutre.. É exatamente cultivar dentro de si o que é necessário para suprir as carências e não projetar no outro.
Os dramas de consciência e traumas vividos em relacionamentos podem estar sendo projetados nesta nova relação na forma de cobranças e expectativas, então o ciclo se repete.
É preciso aceitar que as carências existem, enxergar a maneira como estamos lidando com elas e modificar atitudes internas que trazem estas carências de volta para as relações sucessivamente.  A superação destas questões depende da sua força interior.
Os “castelos de areia” construídos em relações anteriores trazem a tona questões não resolvidas em outras relações, e isto não é justo, porque cada pessoa é única em sua maneira de ser.
É preciso trabalhar a autoconfiança e a confiança mútuas.
Como fazer isto? Olhando prá dentro, pro jardim interno, o jardim secreto da alma... cuidando de curar as próprias dores e não projetá-las nas atitudes do outro.
Visualização Criativa: "Se você simplesmente imaginar sua vida como você quer que ela seja, todos os componentes cooperativos serão convocados. E, mais importante, todos os componentes que são convocados cooperarão. É a Lei. A experiência que você tem com os outros tem a ver com o que você evoca deles". Abraham
Para encontrar estabilidade nas relações é preciso limpar as mágoas, esclarecer o que foi dito e dizer o que não foi dito, ou seja, não se omitir.
Trabalhados estes aspectos e estas projeções  novas possibilidades de relações mais construtivas e transformadoras surgem, onde se poderá vivenciar maior lealdade e verdade, renovando as energias, e vivenciando tranqüilidade e paz interior.
Um detalhe importante: quando a energia sexual de um casal é bem direcionada as projeções se tornam mais intensas principalmente para as mulheres, a clássica “Homens de Marte x Mulheres de Venus”, mas isto é uma visão não muito ampla da coisa. O que acontece é que a mulher precisa de estímulos emocionais e o homem estímulos físicos, mas ambos precisam trabalhar seus códigos internos, ou seja, os condicionamentos que foram se formando ao longo da vida. As mulheres, quando estabelecem contato sexual continuo com um parceiro começam a trazer para fora suas questões psicológicas mais profundas,  seus traumas de relacionamentos se sobrepõe um ao outro sucessivamente e quando não há o toque, a dedicação masculina, o mimo ao feminino, estas carências vem a tona, a libido cai e as relações passam a não ter mais a mesma qualidade. Obviamente o homem também se acomoda e deixa de fazer os estímulos. Por isto elas muitas vezes recuam na relação, então parece que a coisa declina.
A mulher tem uma habilidade natural der trabalhar conflitos internos e curar os conflitos do homem através exatamente do “toque sexual”. O problema é que ela não fala e ele não faz.
Uma resposta da Deusa: “Ouça teu coração, ali está a resposta. Ele vibra? então diga sim. Se você sentir na boca do estômago, uma dorzinha que sabe que não é ansiedade, diga não. Seu corpo é sempre seu termômetro. Respire e faça o exercício, sinta no teu corpo a vibração do que vc tem que decidir. Lembre-se que o ventre da mulher é seu poder de criação... nele reside a força, a energia dos desejos, no estomago ela faz as suas escolhas, e então no coração ela encontra a realização. Sente no teu corpo, no teu poder de Deusa, de mulher, e a resposta que vc sentir é o que tem que fazer.
‎Reconhecer-se é amar-se acima de todas as coisas, quando encontramos o centro nos tornamos então capazes de compartilhar com mais sabedoria, coragem, liberdade e devoção. Uma mulher é um espelho complexo daqueles com quem compartilha. Aquele que for capaz de ver além do que os olhos de uma mulher revelam saberá então o que é contemplar o divino, e será levado além de si mesmo através do toque de uma Deusa." ( Elena Publio )
O poder da vontade, o emprenho em realizar, em modificar e renovar são as chaves para todo recomeço. Quando há mais dedicação, uma transição para o reconhecimento de si mesma acontece e o poder de nutrir-se de amor surge para então ensiná-la a compartilhar o amor com mais equilíbrio, intimidade e entrega, e então uma união duradoura se estabelece.


O APRENDIZADO CICLICO DAS COISAS
Por Mestra Rowena

Meus filhos, a natureza é sábia, a natureza como a grande mãe e a grande energia do pai. Observem como ela apresenta curvas: as esferas circulares que são os planetas, as células do corpo do homem, a mulher em gestação, as montanhas com o lapidar do tempo que também se tornam arredondadas... o círculo é um grande ensinamento espiritual. . Deus ensina através das formas através da natureza, através dos fatos da vida, através das coisas que dão certo e dão errado na vida de vocês. Observem como os aprendizados são cíclicos. Pode ser que nesta existência você nasceu com sentimento de isolamento ou de solidão. Pode ser que nesta vida você tenha sido incompreendido por seus pais, ou tenha se sentido incompreendido por seus pais, e novamente isto voltará a você. Pode ser que uma vida inteira você esteja girando na mesma incompreensão, com o mesmo problema, vivenciando os múltiplos aspectos de uma mesma energia, de uma mesma vibração. E assim, pode ser amados filhos, por muitas e muitas vidas.
E quem quebra o círculo? Quem transforma este circulo numa espiral? Quem permite que esse aprendizado se rompa e se transforme, e finalmente você evolua? VOCÊ MESMO (a). A energia que está no seu coração. E essa energia não é a energia da guerra, da briga, das más palavras, do desafeto, ou de brigar com as pessoas ou com Deus. Você rompe quando você compreende que não é mais necessário agir assim, porque em todas as situações que “batem” em você, em todas as situações que de alguma forma faz com que você sofra, você está interagindo. Pode ser que você não tenha a consciência desta interação; pode ser que em algum momento, ou em muitos momentos da sua vida você tenha se sentido como uma vítima da situação; e pode ser até que, por acreditar que você é uma vitima , você de fato tenha se tornado vitima de varias situações difíceis e complicadas.
Mas quando você descobre o eixo, quando você descobre que quando você se ama de verdade, todo o resto começa a mudar; você se transforma, e naturalmente o circulo, inexpugnável, se rompe e também se transforma.
Nós acreditamos na evolução, nos sempre acreditamos na evolução. Nós, do plano espiritual, não brigamos com o caminho do pai, não brigamos com as historias que vocês, nossos filhos, tem que passar.
Às vezes para nós também é doloroso ver um filho, um amado filho, repetindo, repetindo, repetindo as mesmas lições, e muitas vezes nestas repetições, situações de abandono, situações de precariedade, de falta de amor, vocês sofrem, e nós queremos estender as nossas mãos e acalentar, e trazer calor, e fazemos isto do plano espiritual, porém, nem sempre vocês recebem.
Quantas e quantas vezes estão fechados no ciclo de sofrimento, quantas e quantas vezes nem permitem que alguém chegue perto de vocês. Quantas e quantas vezes nem falam, nem querem falar daquilo que os magoa, com medo de se expor, com medo do julgamento, com medo do que as pessoas vão falar.
Quantos e quantos relacionamentos íntimos, homem e mulher, pai e filho, irmãos, se distanciam pela falta do diálogo do coração, porque palavras podem ser ditas e não compreendidas, o amor aproxima. O coração deve estar aberto entre as pessoas.
E se você convive com pessoas duras, pode ter a certeza que esta dureza também está em vocês.
Pensem nos círculos, pensem no poder curativo dos círculos...pensem no quanto vocês podem se beneficiar deixando a fluidez e o amor tocar a vida de vocês.
Nós amamos nossos filhos, e quando vocês abrem o coração e se entregam para o sentimento de amor, de amizade, de parceria, de fraternidade, nós podemos nos aproximar.
Tentem manter esta vibração, as orações são fundamentais, os mantras elevam a consciência. Todos estamos a serviço da evolução deste planeta, os grupos de oração são sempre bem vindos porque elevam a consciência.
Façam a sua parte, permitam que os seus cumes sejam arredondados, compreendam que as lições vem e assim deve ser; e aprendam a romper os seus ciclos criando em vocês mesmos o desenho de uma espiral, de um movimento crescente, aprendendo com as suas lições, aprendendo com as pessoas, porque Deus se manifesta através das pessoas. Deus está no seu próximo, Deus está no seu pai, no seu irmão, na sua mãe, no seu colega, no seu amigo, e também naquele que de alguma forma contraria você. Deus está ensinando através de cada um que se aproxima de você. Quando você compreender isso, e quando seu coração se abrir para essa compreensão, você conseguirá quebrar os seus ciclos.
Recebam, amados filhos, o meu amor e a minha luz. Em sintonia com a chama rosa, da energia da amada Mestra Mãe Maria, eu sou Rowena, e abençôo vocês, inundando da energia da mãe divina esse ambiente com as rosas do amor, aquelas que não tem espinhos. Recebam a vibração de amor e de cura e fortaleçam essa vibração entregando a sua energia para a cura do planeta neste momento. Abram as mãos, ofereçam o amor que tem em seus corações para a cura da sua família, das pessoas próximas, dos amigos e do planeta. Vibrem nesta energia de expansão, de amor e de cura. Recebam o nosso amor, compartilhem o nosso amor e sigam em paz.

Rowena 15/10/2009.

domingo, 23 de outubro de 2011

Ver além do Amor e da liberdade

Nasci neste plano terreno com os véus das escolhas do não lembrar. A minha jornada, a minha saga de guerreira começo a se redefinir em 2004 quando pedi para me lembrar, para ver além dos véus e para reaprender e fazer o certo sem cometer os mesmos erros de tantas vidas passadas. Escolhi ver as vidas, fiz uma revisão de muitas jornadas, corrigi muitos de meus atos passados, muitos filhos foram libertados, os 2 últimos anos foram intensos em auto-conhecimento, em amar-me e libertar-me, tantos antigos amigos passaram por mim nestes 2 anos... inúmeras vidas e histórias foram resgatadas realinhadas, pois assim era a minha vontade. "Eu Te Amo e Te Liberto" foi meu maior aprendizado e foi doloroso dizer, as ciladas do Ego muitas vezes tentaram me prender novamente; mas o propósito maior do meu coração sempre falou MUITO mais alto. E eu pago qualquer preço por isto. Então, renovada e liberta fiz novas escolhas: Ver além do Amor e da liberdade; e realinhar minha vida ao meu Propósito Divino.

Não sei se volto aqui para outras vidas, mas com toda certeza esta vida é a mais proveitosa e libertadora que jamais tive.



Ellena Públio

sábado, 20 de agosto de 2011

Entre as Flores





Quem respira o perfume das flores tem a alma tocada pelo divino.


Dizem que para encontrar seu destino você tem que se lembrar do que mais gostava de fazer quando era criança, pois ali está a expressão mais pura do seu coração.
Fiz uma viagem, para me lembrar de cenas da minha infância...
Quando eu era pequenininha tinha uma coisa que eu adorava fazer... colher flores...
Eu colhia sementinhas e plantava em qualquer buraquinho que encontrava...
Sempre amei as flores, a natureza...
Sempre amei os animais...
Vivi boa parte da minha infância e adolescência me balançando em árvores, porque eu gostava de estar lá no alto, vendo tudo de cima, vendo "o campo" a minha volta... eram meus momentos sagrados de meditar... Acho que de meus 5 irmãos eu fui a que passou mais tempo empoleirada em árvores e enfiando o dedo na terra... adoro lidar com a terra, me sujar nela e ver a plantinha crescer...
Sempre desejei ter um quiosque de flores, uma floricultura, um banquinho na varanda prá contemplar um imenso jardim...
Pensei no curso de paisagismo, até me inscrevi para uma bolsa de estudos, mas a vida me levou em outra direção...
Hoje como terapeuta faço meus banhos de ervas, e ao final de cada seção de reiki-amor à distância, sempre cubro as pessoas que amo com pétalas de rosas, com o orvalho das rosas... alguns me disseram que sentiram até o perfume, as gotinhas...
Mãe Maria me guiou pelo caminho de rosas, uma história que já contei aqui e que mostra a cada dia o meu destino... Cada pétala de flor uma nova semente para o meu futuro.
Então me lembrei da novela "Almas Gêmeas" e do quanto ela sempre mexeu comigo... era uma coisa muito profunda, muito especial, como se eu me lembrasse de coisas muito distantes nas minhas jornadas de vida.
Dia destes eu tive uma visão, e eu estava bem velhinha, sentada num banco-balanço em uma varanda, com um xale de tricot nas costas, tomando chá e contemplando um imenso campo de flores... eu sabia que aquele campo me pertencia, via cada pessoa trabalhando, cada família que construia sua vida trabalhando ali, com as flores... Era um campo imenso, com todo tipo de flores...
A visão tinha uma riqueza de detalhes maravilhosa, e linkava fragmentos de minha vida, de tantas outras visões que tive não só comigo, de uma maneira incontestável, como uma colcha de retalhos... vi a capa do livro, os arabescos, as flores no mar, o caminho de flores, as pétalas caindo do infinito céu, a mãe Kwan Yin me dando o cálice com a rosa dentro... meu cigano me entregando a rosa vermelha, tudo, se juntando, como um filme que passava de uma maneira mais rápida que a velocidade da luz diante de meus olhos abertos, bem abertos, com uma lucidez impressionante...
Bom, toda esta visão me trouxe ainda mais certezas de onde vou chegar. O campo de flores que eu vi da minha varanda mostra todas as conexões que existem com ele, todas as outras coisas que ele sustenta; e isto me dá uma certeza ainda maior de que estou e sempre estive no caminho certo.
Bora plantar as sementes... e co-criar com a visão criativa, que com a velocidade da luz transforma o presente em realidade.


No meu coração colho flores, como todas as estrelas do céu...


meus jardins:


http://plantandosementes.blogspot.com/

http://rosasagrada.blogspot.com/






terça-feira, 16 de agosto de 2011

Expressões de amor


“GRANDE É A LUZ DO AMOR QUE EXISTE EM MEU CORAÇÃO".
Que o amor flua em mim, para que eu compartilhe sempre a minha real essência.
Expressões de Amor

Há sempre alguém à espera da pessoa na qual você está se transformando.
Amar é reencontrar-se, expressar-se, transformar-se, recriar todos os dias e principalmente: Co-criar. Esta é a palavra chave do amor: Co-criar. Quando entendemos o que é co-criar, entendemos o que é amar e razão primordial dos relacionamentos.
Amar é essência da nossa existência. É uma troca de energias que conecta almas.
Amar é expressar juntos, é co-criar amor, é compartilhar.
O melhor que podemos fazer por qualquer pessoa, é permitir que elas sejam felizes no caminho escolhido, permitir que elas expressem seu amor, sua vida, sua essência, sua existência.
A grande maioria das pessoas não percebe isto. E quando julgamos amar alguém, ainda assim não nos tornamos satisfeitos no amor que recebemos e passamos a buscar mais e mais desta expressão distorcida do amor (das nossas carências) através de relações distorcidas sem compromisso. E que compromisso seria este? O compromisso de nos amar mais e mais e de compartilhar o amor que temos por nós mesmos com as pessoas que escolhemos para compartilhar a vida. Resultado: infidelidade, mas não para com o outro, infidelidade com nossos próprios sentimentos, por falta de verdade em nós mesmos, por falta de amor por nós mesmos.
Amar é como a semente de um jasmim: É preciso gerar a semente, buscá-la no fundo da alma, cuidar dela, regá-la e estar continuamente atentos, sendo cuidadosos, protetores. Até o dia em que  a flor do jasmim se abre para a vida, para a leveza, para a pureza, para a mais pura expressão do amor que liberta.
Viver desfocado no amor é não compreender a si mesmo, não saber expressar a essencia do amor.
O trabalho não traz satisfação porque não há amor pelo que se faz;
A família fica em conflito porque não há cumplicidade, compreensão, outra expressão de amor.
A sexualidade torna-se uma doença, uma tortura, uma manifestação dos nossos mais profundos medos.
Sexo não é um fragmento isolado do amor, é a expressão do amor em sua mais pura essência.
Quando não compreendemos o que é co-criar não sabemos compartilhar e o amor deixa de fluir também através da sexualidade. Não conseguimos expressar amor e projetar a nossa essência mais pura, a expressão da beleza e da pureza do amor manifestado no brilho da alma. E olhamos o outro, o corpo, os gestos, a expressão  da energia também de forma distorcida. Deixamos de contemplar a beleza do amor enquanto expressão, não compreendemos esta visão, não sentimos a imagem que o outro reflete como essência de amor e sim como a sexualidade e a sensualidade que aprendemos a distorcer.
Amor é energia, é saúde, e se não alimentamos nosso corpo de energia de amor, se não co-criamos e compartilhamos amor também na nossa sexualidade transformamos o estar com o outro um descarrego, e a energia fica distorcida.
Tudo aquilo que esperamos ter com o contato com o outro  é receber afeto, e isto desagrega o verdadeiro compartilhar, nos colocamos apenas para receber do outro muitas vezes apenas descarrega suas frustrações e traumas em nós. é preciso compreender isto porque assim nos permitimos ser vampirizados e nos tornamos vampiros energéticos uns dos outros.
A troca de energia fica distorcida, não recebemos amor porque não sabemos receber e também não sabemos compartilhar, então a fome se torna mais intensa a cada dia e estar com o outro se torna uma doença.
E só o que conseguimos expressar são as nossas frustrações, os nossos medos, o nosso desespero diante da nossa incapacidade de expressar amor.
O estar com o outro torna-se automático mesmo com quem "amamos"; uma busca insana por auto-satisfação, uma fuga de si mesmo mascarada por um prazer limitado e distorcido, onde as pessoas não se comunicam e vivemos o faz de conta da satisfação. O prazer de sentir se torna auto-performance,  distorcendo a visão da expressão do amor seja através do visual (sensualidade distorcida) seja através das projeções de frustrações e traumas vividos e condicionados. E é isto que projetamos no outro, é esta energia que geramos quando tocamos e olhamos outro.
E toda expressão de amor, a essência do amor que é vida, deixa de se existir.



domingo, 31 de julho de 2011

Rosa Sagrada - Espaço Terapeutico




Estive meditando na luz divina e em todos os sinais que surgiram em minha caminhada e decidi ir de encontro a minha essência mais profunda para buscar a verdade da minha alma. 

Onde está o meu amor está a minha verdade e a minha realização.
Eu existo pela divina presença do criador em cada partícula do meu ser. 

Eu sou amor, eu respiro e manifesto amor.
Eu ouço o amor clamando por mais amor...
Eu sou movida, guiada, alimentada pelo amor
Eu sou a manifestação do amor agora e para todo o sempre.


Estou criando um novo espaço, onde todas as sementes de amor que venho plantando por tantos anos  de estudo, dedicação e amor ao plano divino poderá se expandir.
Um espaço de infinito amor, de infinita luz, de dedicação pela cura e amor ao próximo...

A Rosa Sagrada é  a energia da luz dourada que ancoramos em nosso ser, em toda nossa criação, é o amor manifestado em sua mais pura essência; este amor maior é minha “missão terra”. 
Demorei algum tempo para colher todas as pétalas e montar este imenso quebra-cabeças que os mestres foram me dando amorosamente... algumas deixei se perder no tempo, outras tantas joguei ao mar em inúmeras existências, dedicadas ao amor, dedicados ao resgate daqueles que tanto amei por minhas jornadas. E aprendi com as bem amadas mestras de luz feminina a juntar todas elas, a reagrupar estas pétalas sagradas de luz e de amor.
Movida pelo propósito de ancorar nesta vida minha missão e realização enquanto semente-estrela, enquanto co-criadora da minha realidade e de tantos que vivem a minha volta eu fui em busca da Rosa Sagrada, do meu Santo Graal.. ouvi a voz doce e suave de Maria Madalena dizendo: 

 “Se você não fizer, quem é que vai fazer o seu trabalho? Só você pode encontrar o caminho da sua realização, que sejam as Rosas Sagradas a sua redenção, permita que ela se abra em seu coração.”

Então surge, além do jardim que criei em “Plantando Sementes” o Espaço Rosa Sagrada, ainda nos planos etéricos do amor divino, em breve ancorados no plano físico. A semente foi lançada, brotou, floresceu, e agora a Rosa Sagrada está ancorada em meu coração.
Que a sagrada luz de seu coração se conecte com a sagrada luz de meu coração, hoje e sempre, e que juntos possamos co-criar e ampliar esta nova realidade no aqui e agora.
Uma Rosa Sagrada sempre reconhece outra Rosa Sagrada, de coração para coração.
O amor une.
Omnia Vincit Amor.
 Namaste.

ESPAÇO ROSA SAGRADA

Terapias Holísticas – cura energética e tratamentos através do Reiki, Radiestesia, Mandalas de cura, cromoterapia, Medicina Tradicional Chinesa e Aromaterapia

Águas Sagradas – Banhos energéticos para cura e equilíbrio através da energia da natureza

Autoconhecimento: Numerologia e  Baralho Cigano

Espaço Sagrado – Feng Shui, Decoração, ancoragem de luz em seu lar

Estudo e Meditação: cursos e vivências individuais e em grupo.

Contato: Ellena Públio – elenapublio@gmail.com / 11 2309-3877 / 9346-1766
Blog: www.rosasagrada.blogspot.com


 


Pessoas lindas, estou criando um Espaço Terapêutico.
Já estão ancoradas aqui em casa as energias de luz para que este projeto saia do papel para o campo físico, porque no astral ele já existe, e também está ancorado em meu coração.
Antes uma sementinha, hoje uma linda rosa sagrada.
Este trabalho foi um pedido das minhas amadas guardiãs do Sagrado Feminino que há muito vem me preparando para ancorar esta energia:  Mãe Maria, Mestra Vênus, Santa Sarah, Mestra Rowena, Vitória Régia, Kwan Yin, Rainha da Luz, Deusa Isis... 
Muitos Guardiões da Luz também já ouviram este chamado. É hora de unir, transformar, co-criar. O Portal 11 11 11 está aberto para aqueles que ancoram seu coração no amor. 
Eu sinto a luz divina ancorada neste projeto, quero abrir uma nova casa, criar novos campos de rosas, novos caminhos para guiar, amparar e ensinar aqueles que precisam de nós para seguir adiante.

Que todos que ouvem o chamado do coração, o chamado da Rosa Sagrada se juntem a mim nesta nova morada de luz.
Um por todos, todos por um, assim é.

Omnia Vincit Amor.

sábado, 16 de julho de 2011

A linha tênue da vida



Em uma fração de segundos a tão preciosa vida pode se perder...
Estes momentos são importantes para observar como levamos a vida, fiquei a pensar na minha mãe, nos meus irmãos e irmãs, amigos queridos, pessoas que amo, pessoas que buscam em mim uma sementinha de luz pro dia ser mais tranquilo e iluminado, como seriam as vidas deles sem mim, as pessoas que precisam de mim e buscam o meu afeto, a minha presença, os meus cuidados; e percebi o quanto ainda sou necessária para aqueles que amo; aqueles que realmente valorizam meu carinho, minha palavra amiga, pensei em cada um de vocês. Me senti de uma certa forma isolada do mundo, porque até que as notícias de um amigo cheguem até nós, vai um tempo infinito, e a boa vontade daqueles que sem querer deixamos incumbidos de "cuidar de nós"; pensei como e quando as pessoas que amo iriam saber que eu me fui, como fui, porque fui tão cedo, onde eu estava ninguém sabia, porque eu estava, menos ainda, e o que seria dito? "porque ela estava lá, naquele momento, naquela situação?”  E eu jamais teria como explicar, a não ser através do meu corpo astral e das pessoas especiais que tenho a minha volta, só assim eu teria como dizer que eu cai de paraquédas numa situação que nada tem a ver comigo... Pensei também em qual é o meu legado? o que eu deixo de bom na minha jornada terrena, de que forma colaboro com as pessoas que estão a minha volta, aqueles que estão aqui nesta rede e com quem nunca falei de verdade, e aqueles que conheço há tanto tempo e sequer desejo um bom dia, as novas relações que tenho, os meus "amores" nesta vida, e aqueles que o universo me incumbiu de guiar, amar e cuidar; como seria isto sem a minha presença? Me dei conta do quanto minha presença é necessária, do quanto a vida é importante e do quanto o sopro divino dá a nossa divina presença na terra uma importância infinitamente maior do que julgamos, o quanto cada milésimo de segundo deste sopro divino é importante nesta imensa rede que é a vida humana... o ego vai por terra, percebi o quanto minha vida tem valor, mesmo quando me sinto isolada do mundo, aqui nos meus momentos conchinha. Jamais estamos sozinhos, agora sim o Somos Um tem realmente mais valor para mim. Meus queridos, este desabafo é para dizer a todos vocês que me acompanham o quanto são amados, o quanto são necessários na vida de cada pessoa ligada a nós, e que nada, nada mesmo tem mais valor do que a vida. Façam as escolhas corretas, caminhem com as pessoas corretas. Caminhem pela vida com sabedoria, amor e gratidão.
beijos a todos.
Ellena

terça-feira, 12 de julho de 2011

Ouvir o chamado do coração



Só é possível haver amor quando nos sentimos livres para atender ao chamado do coração.
Muitas vezes o coração fala mais alto do que todas as questões do dia a dia, temos uma dificuldade imensa em “ouvir”.
Onde reside o amor reside a nossa maior cura.
O amor é um guia, sempre que conduzimos alguém por amor, também somos guiados a nosso próprio caminho, ao nosso próprio coração, resgatamos e somos resgatados, porque sintonizamos a energia maior, o amor maior, que sempre mostra em nós mesmos os caminhos a seguir.
É o amor que cura, que transforma, que cria milagres em nossas vidas.
Onde reside o amor?
Qual é o caminho desta redenção?
Onde a cruz sempre nos leva, qual o ponto de encontro?
Em nosso coração.
É nele que reside nossa maior força, nossa maior cura.
O amor é a cura universal de todos os seres em todas as situações.
O amor é nossa maior força.
Ouça seu coração, como ouço o meu agora, gravado nele está a cruz do caminho, o ponto de encontro, um chamado. Ali está o alicerce, a bússola, o centro de todo o universo, de toda a paz, de toda tranqüilidade, de todo o equilíbrio que buscamos.
Coração, ah meu coração... bússola minha que tantas vezes negligencio, voz que grita na minha alma e que eu faço de conta não ouvir e me deixo engolir pelas mazelas da vida, pelas ilusões...
Ah coração meu, meu guia, onde ancora toda a fonte da vida, toda a fonte do meu ser... quando deixo de te ouvir e de seguir o seu chamado meus caminhos se perdem no mundo das ilusões... quero te ouvir, quero te seguir, hoje, eternamente... sempre....

Por: Elena Públio – saindo dos véus, caminhando rumo ao sol do meu coração... sempre.