sábado, 16 de julho de 2011

A linha tênue da vida




Em uma fração de segundos a tão preciosa vida pode se perder...

Estes momentos são importantes para observar como levamos a vida...

Fiquei a pensar na minha mãe, nos meus irmãos e irmãs, amigos queridos, pessoas que amo, pessoas que buscam em mim uma sementinha de luz pro dia ser mais tranquilo e iluminado, e como seriam as vidas deles sem mim, as pessoas que precisam de mim e buscam o meu afeto, a minha presença, os meus cuidados...
Percebi o quanto ainda sou necessária para aqueles que amo; aqueles que realmente valorizam meu carinho, minha palavra amiga...
Pensei em cada um de vocês. 
Me senti de uma certa forma isolada do mundo, porque até que as notícias de um amigo cheguem até nós, vai um tempo infinito, e a boa vontade daqueles que sem querer deixamos incumbidos de "cuidar de nós"
Pensei como e quando as pessoas que amo iriam saber que eu me fui, como fui, porque fui tão cedo, onde eu estava ?.. porque eu estava ali? Ninguém sabia...nem ao menos  saberiam o que eu teria dito... se perguntariam porque eu estava lá, naquele momento, naquela situação?”  
E eu jamais teria como explicar, a não ser através do meu corpo astral e das pessoas especiais que tenho a minha volta.. 
Só assim eu teria como dizer que eu cai de paraquédas numa situação que nada tem a ver comigo... 
Pensei também em qual é o meu legado? o que eu deixo de bom na minha jornada terrena, de que forma colaboro com as pessoas que estão a minha volta, aqueles que estão aqui nesta rede e com quem nunca falei de verdade, e aqueles que conheço há tanto tempo e sequer desejo um bom dia, as novas relações que tenho, os meus "amores" nesta vida, e aqueles que o universo me incumbiu de guiar, amar e cuidar;
Como seria isto sem a minha presença? Me dei conta do quanto minha presença é necessária, do quanto a vida é importante e do quanto o sopro divino dá a nossa divina presença na Terra uma importância infinitamente maior do que julgamos, o quanto cada milésimo de segundo deste sopro divino é importante nesta imensa rede que é a vida humana... o ego vai por terra, percebi o quanto minha vida tem valor, mesmo quando me sinto isolada do mundo, aqui nos meus momentos tão necessários de reclusão... 
Jamais estamos sozinhos, agora sim o Somos Um tem realmente mais valor para mim. Meus queridos, este desabafo é para dizer a todos vocês que me acompanham o quanto são amados, o quanto são necessários na vida de cada pessoa ligada a nós, e que nada, nada mesmo tem mais valor do que a vida. 
Façam as escolhas corretas, caminhem com as pessoas corretas. 
Caminhem pela vida com sabedoria, amor e gratidão.
Hoje vi a minha vida por um fio... e decidi pegar este fio de vida e transformar em uma nova história.

Beijos a todos.

Ellena