terça-feira, 12 de julho de 2011

Ouvir o chamado do coração




Só é possível haver amor quando nos sentimos livres para atender ao chamado do coração.
Muitas vezes o coração fala mais alto do que todas as questões do dia a dia, temos uma dificuldade imensa em “ouvir”.
Onde reside o amor reside a nossa maior cura.
O amor é um guia, sempre que conduzimos alguém por amor, também somos guiados a nosso próprio caminho, ao nosso próprio coração, resgatamos e somos resgatados, porque sintonizamos a energia maior, o amor maior, que sempre mostra em nós mesmos os caminhos a seguir.
É o amor que cura, que transforma, que cria milagres em nossas vidas.
Onde reside o amor?
Qual é o caminho desta redenção?
Onde a cruz sempre nos leva, qual o ponto de encontro?
Em nosso coração.
É nele que reside nossa maior força, nossa maior cura.
O amor é a cura universal de todos os seres em todas as situações.
O amor é nossa maior força.
Ouça seu coração, como ouço o meu agora, gravado nele está a cruz do caminho, o ponto de encontro, um chamado.
Ali está o alicerce, a bússola, o centro de todo o universo, de toda a paz, de toda tranqüilidade, de todo o equilíbrio que buscamos.
Coração, ah meu coração... bússola minha que tantas vezes negligencio, voz que grita na minha alma e que eu faço de conta não ouvir e me deixo engolir pelas mazelas da vida, pelas ilusões...
Ah coração meu, meu guia, onde ancora toda a fonte da vida, toda a fonte do meu ser... quando deixo de te ouvir e de seguir o seu chamado meus caminhos se perdem no mundo das ilusões... quero te ouvir, quero te seguir, hoje, eternamente... sempre....

Por: Elena Públio – saindo dos véus, caminhando rumo ao sol do meu coração... sempre.

12/07/2011 as 15;45 hrs